CeS_2Fotor_edited.jpg
ATL logo

Cláudia Chaves

O rosto da empresa

O meu nome é Cláudia Chaves Neves.

Sou açoriana de nascença, por outras palavras sou ILHÉU… natural do arquipélago de nome Açores - formado por nove ilhas vulcânicas - daí parte do nome desta empresa “LAVA”.
A arte, a música e o espectáculo são algo que sempre fez parte da minha vida.

Como apreciadora e defensora ferrenha da qualidade e da criatividade, tomei a decisão de divulgar e acompanhar os grandes talentos açorianos (de nascença ou de coração).

Apaixono-me por desafios e tenho que sentir prazer e orgulho em tudo o que me empenho.
O que faço, passa por gestão de empresas e de pessoas, logística, área técnica e comercial, formação especializada, consultoria financeira, organização de eventos, palestras, etc. Por onde passo deixo a minha marca; com paixão e qualidade. Uma das áreas que mais me fascina é a de poder trabalhar com pessoas, fazendo com que todas elas mostrem o seu melhor e o seu dom.

Ramos de Trabalho

Auditorias de Qualidade

logotipos silvia.png

Consultoria

(Restauração e Similares)

logotipo%20LavaJazzB%20-%20co%CC%81pia_e

Lava Jazz

(Clube de Jazz)

sonasfly new.png

Sonasfly

Promotor de eventos

O trabalho vai ocupar grande parte da sua vida.

A única forma de ficar realmente satisfeito com ele é colocando lá, com arte, o seu coração e a sua alma.

É amar o que faz!

Como apologista de promoção, tenho que oferecer uma ovação de pé a Cláudia Neves, indubitavelmente uma revelação talentosa com prodígio suficiente para por de pé um concerto desta natureza. É preciso dispor de muita coragem, tempo e dinamismo para o fazer – sim, porque o dinamismo vale guita, a meu ver: e nada se faz sem ela. Parcerias inteligentes, contactos bem orquestrados, promoção bem na mouche e destreza de movimento! Parabéns, ficou na aurícula!

- Almeida Maia

em Atalhos de Lava

Great spot for live Jazz music. Dimly lit, with great stage lighting. Drinks were tasty, and apparently they have a sandwich that is to die for! Can’t wait to go back!

(Traduzido pelo Google)

Ótimo local para música ao vivo de jazz. Pouco iluminado, com grande iluminação de palco. Bebidas eram saborosas, e aparentemente eles têm um sanduíche que é de morrer! Mal posso esperar para voltar!

em Lava Jazz

Sonasfly brindou o público – todos eles Talvez Ilhéus – com aquilo que eu considero uma feroz actuação, tal Carousel. A artista demonstra ter uma qualidade intrínseca, difícil de encontrar em tamanha dose: expressividade! A faculdade de conseguir exteriorizar, espelhado no rosto e corpo, o que cada palavra falada e cantada a faz sentir. Enfim, mostrou o Why de ser Guilty e que sabe ser uma Bitchy Girl quando é preciso Make it Through, independentemente de God lhe querer cantar uma Lullaby n’Um Segundo por Ti.

- Almeida Maia

em: Sonasfly